fbpx

Calcário: Distribuição e incorporação

C

Este texto é uma abordagem básica se você quer ter uma visão holística para conseguir aproveitar ao máximo todo o seu esforço e investimento associado com o calcário.

Nesse processo, com certeza, todo cuidado é importante.
De: Ronaldo Setti

Caro leitor,

… Além das ações profissionais avançadas também acredito na abordagem básica. Geralmente também é uma boa opção para começar a entender melhor os acontecimentos. É conveniente entender os investimentos e os resultados alcançados na agricultura e na pecuária em sua totalidade… Se você quer primeiro entender um pouco mais do básico sobre calagem, para depois mergulhar fundo no processo que envolve a distribuição e a incorporação do calcário, sugiro fortemente que você continue lendo este artigo. Caso contrário… Não desperdice tempo com isso!

Busque aproveitar ao máximo todo o seu esforço e investimento com a distribuição horizontal e incorporação vertical do calcário.

Certo…! Mas o que exatamente devo buscar depois de estar com a interpretação dos resultados da análise do solo…?

O que deve se buscar é uma boa distribuição e incorporação do corretivo nos dois sentidos, vertical e horizontal.

Nesse processo, com certeza, todo cuidado é importante.

Além da profundidade desejada é preciso que a distribuição e a incorporação do calcário formem uma mistura homogênea com a camada do solo a ser cultivado e explorado pelas raízes das plantas.

Ou seja, é conveniente observar a umidade do ar e o teor de água no solo. Essa observação é importante principalmente durante a operação de distribuição do corretivo com máquinas agrícolas. Isso porque, é comum o corretivo aderir ao solo grudado nos pneus das máquinas.

Outra curiosidade é que a umidade dissolve pouco o calcário. Por isso, o efeito da reação neutralizante nas camadas do perfil do solo é propagado a curtas distâncias laterais e verticais.

Sendo assim, a distribuição e a incorporação do calcário, quando realizadas de maneira errada, dificultam o alcance dos resultados esperados.

Deve-se também lembrar que condições ambientais desfavoráveis dificultam o trabalho de distribuição e incorporação do corretivo. Razão pela qual, dias ou horários com predominância de ventos fortes devem ser evitados.


DISTRIBUIÇÃO HORIZONTAL e INCORPORAÇÃO VERTICAL do CALCÁRIO…

Evite depositar o calcário, principalmente calcário a granel, sobre o solo agrícola a ser cultivado.

Isso provoca manchas de solo com pH elevado e prejudica o desenvolvimento das plantas nessas manchas. Além disso, também prejudica o resultado das análises laboratoriais das próximas amostragens desse solo agrícola.

Num período entre 03 e 12 meses após a correta distribuição e incorporação do corretivo, o pH do solo alcança o seu valor máximo.

Cerca de 05 anos depois o pH tende a diminuir devido ao processo de “reacidificação natural” que ocorre nos solos agrícolas cultivados.

Após uma calagem correta e uniforme é conveniente monitorar o processo. Novas amostragens, dentro do período de 02 anos, devem levar em consideração alguns aspectos. Um aspecto importante é considerar a possibilidade de que parte do corretivo adicionado ao solo ainda esteja reagindo.

Cabe destacar que há casos em que produtores que buscam a alta performance realizam a amostragem, a análise laboratorial e a interpretação técnica dos resultados da análise de solo agrícola, anualmente.


(PRNT), (PN), (RE)…

É importante conhecer o Poder Relativo de Neutralização Total (PRNT), o Poder de Neutralização (PN) e a Reatividade (RE) do calcário.

Normalmente os calcários com maior reatividade (RE) apresentam menor efeito residual.

Ou seja, o resultado com a escolha do tipo de calcário é proporcional:

  • Calcário de reação rápida, menor duração do efeito da calagem.
  • Calcário de reação lenta, maior duração do efeito da calagem.

Em síntese, por um lado é possível considerar que a eficiência do calcário está associada a sua qualidade.

Por outro lado, é possível considerar que essa qualidade, do calcário, é relacionada à granulometria do calcário.

Em outras palavras, é possível considerar que a qualidade do calcário é definida por meio do processo de peneiramento do material, utilizando-se peneiras estabelecidas por Norma ABNT.

Por sua vez, a granulometria é associada à reatividade (RE) do calcário, normalmente considerando-se um período de tempo de 12 a 36 meses.


Manutenção, supercalagem e adubação excessiva…

Nesse contexto, que envolve a qualidade e a distribuição adequada de corretivos e fertilizantes é preciso voltar à atenção para os termos “manutenção”, que indica considerar as doses anteriormente aplicadas, e “supercalagem” e adubação excessiva, que indicam o uso de doses de corretivos e fertilizantes além do necessário, a ponto de provocar o desequilíbrio químico na solução do solo e nutricional nas plantas cultivadas nesse solo.

Ou seja, a abordagem desse tema que envolve a distribuição de corretivos e fertilizantes é ampla e muito importante.


SUGESTÃO básica:

Uma boa alternativa para traçar procedimentos certos é começar pelo processo que envolve a amostragem, a análise laboratorial e a interpretação técnica dos resultados da análise de solo agrícola.

Até mais…

Fique bem… Siga em Paz…!!!

Sobre o autor

Ronaldo Setti

“Eu não vim aqui para dizer que eu avisei!... Mas eu avisei”!

Sua opinião

Ronaldo Setti

“Eu não vim aqui para dizer que eu avisei!... Mas eu avisei”!

Ideia recente

Curtir e Seguir

Experimente ver as coisas em uma profundidade diferente e encontre um jeito de conquistar a vitória sobre você.